Na Mídia

/, Na mídia/Placar | Cristiano Ronaldo: a máquina de fazer gols que desafia os gênios

Placar | Cristiano Ronaldo: a máquina de fazer gols que desafia os gênios

Dr. Moisés Cohen, diretor do Instituto Cohen, participou de uma matéria super interessante da Veja/Placar sobre as projeções de gols e performance física de Cristiano Ronaldo, comparando-o com Messi e Pelé, em sua época. Leia, clicando aqui.

De acordo com o doutor Moisés Cohen, Pelé se destacava pelo físico em uma época em que não havia trabalhos específicos e também em tempos em que um jogador com 1,72 m podia se destacar – até mesmo se não tivesse técnica.

“O treinamento físico tem importância muito maior que antigamente. Hoje se utilizam técnicas baseadas em ciência, com dados de fisiologistas, que informam o momento correto de fazer os exercícios. Antes não havia essa ciência e a aplicação errada de treinamentos causava lesão nos atletas.” Cohen também explica que Messi, apesar da genialidade, ainda consegue melhores resultados por causa da força física. “O Messi é muito hábil e associou a isso um treinamento para fortalecimento muscular. Pelé, comparado a um atleta atual, como o Cristiano Ronaldo, fica muito atrás pela constituição física e musculatura, que eram muito diferentes.”

Por | 2018-05-15T15:59:26+00:00 05/04/2018|Categories: Dr. Moisés Cohen, Na mídia|0 Comments

Sobre o autor:

Instituto Cohen
Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte.

NOSSOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO COM VOCÊ!