Blog

//Como prevenir a Dor Muscular Tardia?

Como prevenir a Dor Muscular Tardia?

A Dor Muscular Tardia (DMT) é um fenômeno que tem sido experimentado por praticamente toda pessoa envolvida com atividades atléticas. A DMT representa uma das lesões esportivas mais comuns sofridas, tanto por atletas de elite, quanto por atletas recreacionais. O início da dor é tipicamente notado 24 horas após as atividades físicas, principalmente aquelas em que o atleta não está familiarizado.

A DMT frequentemente segue-se a um trabalho de grande força muscular tipicamente excêntrica. O trabalho muscular excêntrico é caracterizado pelo alongamento muscular enquanto o músculo é contraído. As atividades excêntricas mais comuns incluem: step, ciclismo, corrida, downhil e exercícios de resistência muscular.

Quais são os sintomas da Dor Muscular Tardia?

A DMT é caracterizada por dor progressiva nas 24 horas seguintes à atividade, com pico doloroso tipicamente de 24 a 72 horas após o exercício. Os sintomas incluem dor à palpação, diminuição do movimento articular, déficit na flexibilidade e déficit na produção de força muscular. A dor é tipicamente notada inicialmente na porção distal do músculo próximo à junção miotendínea. Os sintomas podem continuar por 5 a 10 dias. O déficit na produção da força muscular frequentemente tem um pico imediatamente após o exercício e 48 horas após, mas tem sido notado acima de 8 dias. Os sintomas são tipicamente autolimitados.

A quantidade e a intensidade dos sintomas estão relacionadas ao nível de treinamento, à intensidade e quantidade do exercício e ao comprimento do músculo durante o exercício. Poucas pesquisas têm sido realizadas na área sobre os efeitos da DMT na performance durante as atividades físicas. Vários mecanismos e opções de tratamento para Dor Muscular Tardia têm sido propostos com variação na qualidade das pesquisas realizadas nesta área.

Qual o tratamento e prevenção?

Para prevenir a Dor Muscular Tardia, são fundamentais:
● Adesão a programas de treinamento bem planejados visando o combate e o retardamento da fadiga muscular.
● Respeito à capacidade individual.
● Reposição hídrica e energética convenientes às necessidades individuais.
● Respeitar os períodos de descanso. O sono deve ser muito valorizado e colocado na rotina de horários do atleta.
● Postura adequada na biomecânica dos movimentos.
● Utilização de roupas e calçados adequados para prática esportiva.

As teorias propostas para os mecanismos relacionados com o início da DMT estimularam pesquisas no campo do tratamento e prevenção.

Para o tratamento, o médico deve ser procurado para orientação de medicações anti-inflamatórias, uso de gelo, massagens, exercícios específicos, alongamentos, além de outro meios fisioterapêuticos.

Por | 2018-05-09T13:05:01+00:00 09/05/2018|Categories: Blog|Tags: , , , , |0 Comments

Sobre o autor:

Moisés Cohen
Dr. Moisés Cohen é médico ortopedista e diretor do Instituto Cohen

NOSSOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO COM VOCÊ!