Blog

//11 fatos sobre musculação que você precisa saber

11 fatos sobre musculação que você precisa saber

Se você acha que a musculação é uma atividade só para quem quer aumentar o tamanho de braços e pernas e definir a silhueta corporal, não conhece os inúmeros benefícios da prática. Ela tem como objetivos os fatores citados acima, mas também é uma grande influenciadora da boa saúde. Para ajudar você a entender melhor todas essa vantagens, a equipe do Instituto Cohen responde algumas dúvidas sobre o assunto. Confira:

1 – Como a musculação ajuda a emagrecer?

Para o correto processo de emagrecimento, é necessária a presença do que chamamos de balanço calórico negativo. Esse balanço significa que a ingestão da quantidade de calorias deve ser menor que o gasto energético diário, ou seja, é preferível ingerir menos calorias do que gastar.

Nos exercícios resistidos (musculação), há um aumento do metabolismo basal com consequente perda de massa gorda (gordura), mas há também aumento da massa muscular, podendo, no final, não apresentar grandes alterações na balança, mas é possível que, em alguns casos, o aumento de peso ocorra. No entanto, emagrecer com saúde não significa necessariamente perder peso, mas sim aumentar a massa muscular e diminur a porcentagem de gordura. Durante a musculação, o corpo utiliza o glicogênio muscular como principal fonte de energia. A resposta desse processo é a eliminação de gorduras, proporcionando assim o emagrecimento.

 

2 – Como funciona o metabolismo após o treino de musculação? Um quilo de músculo consome quantas calorias por dia?

Alguns autores revelam que o metabolismo basal após o treino de musculação encontra-se em média 12% mais acelerado, e até 15 horas depois esta taxa continua 7% mais alta. Logo, quanto maior a massa muscular, mais acelerado será o metabolismo e o gasto calórico. Claro que este metabolismo é individual e difere de pessoa pra pessoa.

Para cada quilo de músculo há um consumo médio de 35 calorias por dia, enquanto 1 quilo de gordura gasta apenas 6 calorias.

 

3 – Por que o músculo gasta mais calorias do que a gordura?

Porque a massa muscular acelera o metabolismo basal consumindo assim mais calorias do que as gorduras. Além disso, a velocidade da liberação de energia originária das gorduras é mais lenta para suprir todas as demandas energéticas da atividade muscular intensa.

 

4 – Como é a liberação de endorfina quando se corre? E na musculação? Os sistemas são parecidos?

A endorfina é um neuro-hormônio endógeno (produzido pelo próprio organismo). Os efeitos produzidos pela endorfina são analgésicos e de sensação de bem-estar. O termo “endorfina” consiste na junção das palavras “endo” (interno) e “morfina” (analgésico), isto é, substância com propriedades da morfina produzida internamente pelo organismo.

Este tema é ainda muito controverso na litaratura mundial, mas acredita-se que a liberação de endorfina é maior nas atividades aeróbicas (ex. corrida),  relacionando a endorfina com o “ barato do corredor” , ou seja, durante atividades aeróbicas longas e contínuas há a liberação de endorfinas causando” bem estar” entre os corredores.

 

5 – Quando a questão é combater o estresse, o que é melhor, musculação ou aeróbio? Há dados sobre isso?

Na verdade, qualquer atividade física pode combater o stress, trazer bem estar, melhorar a autoestima e o convívio social. Recomenda-se praticar a atividade física que traz maior prazer. É um assunto bastante discutível na literatura esportiva, e ainda nada de concreto foi comprovado.

 

6 –  A atividade é importante para melhorar a autoestima?

Na prática, qualquer atividade física pode melhorar a autoestima, principalmente quando a prática de uma vida saudável é acompanhada da redução do peso e da melhora da estética corporal. Na teoria, a atividade aeróbia traz uma maior liberação de endorfinas, o que proporcionaria mais bem estar e uma melhora consideravel na autoestima.

 

7 –  A musculação pode evitar lesões?

Na verdade, para evitar lesões é necessária a prática das duas atividades. O trabalho muscular irá preparar, adequadamente, o organismo através do ganho de força e resistência muscular, enquanto que a atividade aeróbia trará benefícios para parte cardiorespiratória, como também musculoesquelética, reduzindo assim o número de lesões. Além disso, com o melhor preparo físico há uma melhora importante da performance.

 

8 –  A musculação é importante para prolongar a vida?

Não há nada cientificamente comprovado que uma atividade ou outra pode prolongar ou não a vida. Ambas têm suas vantagens e desvantgens para o organismo, principalmente, se praticadas em excesso por muitos anos consecutivos.

 

9 –  A prática melhora o desempenho esportivo?

Com certeza! Para melhorar a performance em qualquer que seja a modalidade esportiva, deve haver uma prática equilibrada entre o fortalecimento muscular, o alongamento e as atividades aeróbicas (melhora da condição cardiorespiratória), principalmente se o atleta estiver trabalhando próximo do seu VO2 máx.  

 

10 – A musculação auxilia na eliminação de gordura e no ganho da massa muscular?

Tanto a musculação quanto as atividades aeróbias promovem a perda de gordura, no entanto, a musculação promove um maior ganho de massa muscular, e quanto mais massa magra o atleta tiver, maior será seu metabolismo basal, e maior queima de gordura ocorrerá.

 

11 – A musculação melhora o desempenho sexual?  

Na verdade, a atividade sexual também é uma atividade aeróbia e, como tal, exige um adequado preparo muscular para o seu bom desempenho. Em 10 minutos de uma relação sexual, são consumidos cerca de 45 calorias.

Por | 2018-09-05T14:43:02+00:00 05/09/2018|Categories: Blog|Tags: , , |0 Comments

Sobre o autor:

Moisés Cohen
Dr. Moisés Cohen é médico ortopedista e diretor do Instituto Cohen

NOSSOS CANAIS DE COMUNICAÇÃO COM VOCÊ!